sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Os "Tons" de 2013


Esse artigo também foi publicado no Hôtelier News. Clique AQUI.
============================
A velocidade das mudanças é cada vez maior. Vimos tantas coisas acontecerem em 2012:
• Obama foi reeleito. Hugo Chavez também;
• iPhone ganhou a versão 5, e os brasileiros compraram praticamente todo o estoque dos aparelhos desbloqueados disponíveis nos EUA;
• Chegamos a 1 bilhão de turistas no mundo;
• O leilão de uma virgem tornou-se o maior fenômeno do mundo digital;
• Gangnam style foi o maior hit musical, seguido de perto por Para nossa alegria;
• Um ministro do Supremo Tribunal Federal virou herói nacional;
• Carminha vira símbolo de luxo nacional, levando as brasileiras a acabar com o estoque das bolsas Michael Kors, criando um novo uniforme;
• E o fato mais importante: ótimas obras literárias perderam espaço para os 3.258 tons de cinza claro, desbotado, médio e escuro.


Trabalhamos tanto, fizemos tantos planos para o futuro, que até esquecemos que o mundo vai acabar em alguns dias!
Mas, levando em consideração a recente posição da Nasa, comecemos a planejar futuro.
Tudo leva a crer que teremos um ano de crescimento, mas moderado.
Veja o que esperar de 2013:
Economia
Especialistas afirmam que os míseros 1,27% de aumento do PIB (Produto Interno Bruto) em 2012 serão batidos em 2013 com 3,7%.

Já em relação à inflação, o índice deve permanecer igual: 5,43% em 2012, 5,4% em 2013.
Classe média continuará crescendo, comprando, e se endividando.
E para a hotelaria? O que vem por aí?
Turismo Mundial
A World Travel Market lançou no último mês de novembro seu relatório anual de estudos e tendências de turismo.

Você encontrará previsões interessantes por região, incluindo o aumento das reservas online nos países emergentes, juntamente com a maior otimização dos métodos de pagamento.
Para ler o estudo na íntegra, clique aqui.
Obs.: Aproveite e conheça meu canal no slideshare.net, com vários outros estudos sobre o tema.
Eventos
Apresentações intermináveis em Power Point, falta de foco e de preocupação com o ROI estão com os dias contados.

A MPI e o Instituto Alatur realizam anualmente a única pesquisa sobre o mercado de eventos no Brasil. Esse ano ficou claro o crescimento dos eventos “verdes”, de relacionamentos, os virtuais e os grandes shows. E, para isso, as empresas devem destinar 12% a mais do seubudget em 2013 para eventos corporativos.
Confira a pesquisa na íntegra aqui.
Marketing Digital
A gestão do marketing digital ganha, definitivamente, a posição de marketing estratégico. As principais metas serão:

• Simplificar e integrar plataformas de tecnologia (como as diversas redes sociais, por exemplo);
• Planejar, desenvolver e executar ações criando sinergia entre os canais;
• Colocar metas de ROI para o e-mail marketing, que ainda se mantém como o canal de marketing mais eficiente. De acordo com US Direct Marketing Association, a cada R$ 1,00 investido, o retorno deve ser de R$ 39,40.

Conteúdo Visual
Instagram (comprado pelo Facebook em 2012) e Pinterest ganharão força no mundo corporativo. Muitas empresas (incluindo hotéis) estarão mais atentas aos grandes curadores de conteúdo visual do momento.

Podemos até esperar novos players chegando, mas esses dois ainda vão dar o que falar.
Como sou fã do Pinterest, seguem dicas:
* Hilton Hotels & Resorts – pinterest.com/hiltonhotels
* O meu perfil no Pinterest, onde você encontra lindas imagens de hotéis, experiências, lugares, livros, etc. – pinterest.com/gabrielaotto

Reservas Diretas
Encontrar formas de incentivar reservas diretas será um dos desafios mais importantes dos diretores de vendas e marketing em 2013.

Essa conquista passa pelo site do hotel, que precisa de investimento, atualização constante e conteúdo de qualidade. E isso é só o começo!
Depois do site estar impecável, é preciso que todo esse conteúdo seja comercializado de forma inteligente, em todos os canais, incluindo smartphones e redes sociais. Não durma no ponto, pois estaremos em breve falando de mais um canal, as Smart TVs.
RM aproxima a ciência da hotelaria
A “arte” da gestão hoteleira está se transformando. Hoje em dia, para ser um bom gestor, é preciso também um perfil científico. Sim, é preciso atualização na “ciência” da gestão hoteleira.

Dos idos anos 70, quando o RM foi introduzido nas companhias aéreas, só restou a certeza da otimização de receita. Essa complexa ciência que vemos atualmente, motivada pelo aperfeiçoamento das ferramentas de inteligência de mercado, exigirá profissionais mais preparados e gestores mais abertos à inovação.
Distribuição requer atenção
O ambiente da distribuição hoteleira continua expandindo, ficando mais cara e complexa. Hoteleiros precisam saber o custo e retorno esperado de cada canal, sem esquecer da paridade tarifária e de fechar contratos com parceiros “de verdade”. Nada de medidas desesperadas para vender, pois o custo disso a médio ou longo prazos pode não compensar.

Mas não se preocupe tanto. Mesmo com tantas previsões e o mercado em ebulição, tenha certeza que estaremos, no final de 2013, além do bebê real britânico, comentando o principal assunto do ano: os intermináveis tons de cinza, agora no cinema!
Que venha 2013! Faça-o colorido!
Postar um comentário