quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Os hotéis e suas taxas

Pode parecer estranho falarmos sobre taxas dos hotéis, afinal, todos tem. Mas cobram?

Bjorn Hanson, responsável pela divisão de Hospitalidade e Turismo da New York University, previu algumas das taxas e sobretaxas que serão (mais) cobradas por hotéis daqui para frente.

Alguns entendem que os hotéis estão deixando de ser "bonzinhos" e realmente cobrando pelos serviços prestados. Outros reclamam, dizendo que essas taxas são abusivas e extremamente irritantes na hora do check out. 

Nos EUA, os hotéis explicam dizendo que serão mais rigorosos e menos preocupados com a reação dos hóspedes. 


Veja algumas das taxas cobradas:

1) Reabastecimento do Mini Bar

Além do refrigerante e da barra de chocolate, muitos hotéis estão cobrando agora o reabastecimento do mini bar, válido a partir do momento que foi consumido o primeiro item. 
Taxas de reabastecimento: entre US 2,50 e US 5,95.

2) Taxas de bagagem

Algumas cias.aéreas e táxis já cobram por bagagem. Também vemos isso há algum tempo em aeroportos pelo mundo. Agora é a vez dos hotéis. 
Quer que um mensageiro carregue suas malas? Então esteja preparado para desembolsar US 2,00 por cada uma, além da gorjeta, claro.

3) Wi-Fi

Mesmo com tanta mobilização para acesso gratuito à internet nos hotéis, essa decisão ainda parece estar bem distante da decisão de alguns hoteleiros.
Talvez você até consiga um pacote básico para checar emails, por exemplo. Entretanto, para conseguir navegar "de verdade", prepare o bolso. 
Mesmo já pagando seu Netflix para assistir filmes pelo seu computador, o preço da conexão será quase o mesmo da compra de um filme pago na TV do hotel.


4) Early Check Out

Mesmo reservando uma tarifa "reembolsável", se precisar sair mais cedo, a próxima noite será cobrada. 
No Brasil, o mais comum ainda é a cobrança de 50% da diária...quando cobrado, claro.

5) Cancelamento

Hotéis estão ficando mais rigorosos com suas políticas de cancelamento. 
Antes, existia a possibilidade de cancelamento de reservas até as 18hs do dia anterior à chegada. Hoje, vemos 48 e até 72 horas antes. 
Para cancelamentos após esse prazo, no mínimo, será cobrada a primeira noite da hospedagem.

Essas taxas não são novas, mas vamos vê-las com mais freqüência em 2013. Hotéis as cobram (na teoria) bem antes das cias. aéreas. A decisão agora é fazê-las valer mesmo.

Além disso, a tendência é que os hotéis elevem seus preços em 2013.

E no Brasil?
Postar um comentário