segunda-feira, 11 de abril de 2011

Aprenda sobre "Cloud Computing" já!

Esse meu artigo também foi publicado no Hôtelier News. Leia AQUI.
==============================
Nos US, a cada 10 conversas, 5 são sobre “Cloud Computing”...também conhecida como o “Big Bang” da internet! Sim, estamos só no começo!

Ao me aprofundar no assunto, aproveitei a proximidade com minha melhor fonte sobre tecnologia: meu marido, super expert no assunto! 

Mas o que é esse negócio de “Computação na Nuvem” (Cloud Computing) e o que isso pode impactar seu hotel?

Na verdade, já é um modelo muito presente no nosso dia a dia e nem nos damos conta. Imagine uma internet que lhe ofereça tudo o que um computador normal tem disponível, mas com acesso online, de onde for. Você só precisa de um navegador (browser) e uma conexão de internet. Nada mais de computadores sofisticados e super potentes já que os recursos da máquina do internauta não seriam consumidos. 

No ambiente corporativo, ao invés de executar os softwares em seus próprios computadores, a empresa compra o acesso ao software em computadores operados por terceiros, e não importa onde os sistemas que executam estão localizados. Eles estão "por aí, na nuvem" da Internet. Como as empresas tendem a pagar o acesso a este software remoto como se fosse uma assinatura, surge aí um conceito muito próximo à computação em nuvem chamado de "software como serviço" (SaaS – Software as a Service).

Para deixar clara a diferença, hoje você compra “licenças” de softwares e ainda precisa manter uma infraestrutura de pessoas e hardwares na sua empresa. No SaaS, o conteúdo não fica mais hospedado em um hardware específico e sim na própria internet. Estamos falando que todos seus documentos, programas e até o sistema operacional que você usa seria virtual, sem precisar mais armazenar nada no seu HD. 

Achou estranho? Pense no seu email do Hotmail, Yahoo ou Gmail. Todas suas mensagens e anexos estão online e você acessa sem baixar nenhum programa para guardá-las no seu computador, certo?! É isso!

Principal vantagem para as empresas:
1)  Economia – não precisam mais de grandes espaços para armazenar suas informações. Hoje em dia, ainda pagam um alto custo de manutenção de seus data centers. Com a computação em nuvem, a economia em TI é grande, pois a hospedagem é mais barata e, em alguns casos, até mesmo grátis.
2)  Upgrades de softwares mais rápidos.

Principal preocupação das empresas:
Não poderia ser outra: segurança! Bem, a boa notícia é que gigantes como IBM, Microsoft, Google e HP estão trabalhando nisso nesse momento.
Veja um Infográfico de Cloud Computing para entender melhor:



Para exemplificar, a empresa americana Decho oferece um serviço chamado Mozy, que permite você fazer o backup do seu computador online. Hoje eles já tem 1 milhão de usuários e 18 petabytes (18 milhões de gigabytes).
Outro exemplo é o Google Docs, a versão online de processador de texto e planilha eletrônica (software normalmente executado no computador do usuário).

Impacto no mercado: Aumento da venda de notebooks leves, com o mínimo de armazenamento de dados. Ou seja, vamos gastar cada vez menos com hardware.

E a Forrest Research informa que empresas que proporcionam esse tipo de software estão com crescimento previsto de 73%.

Cloud Computing e a Hotelaria

"Acreditamos que estamos em um momento decisivo para esta indústria. Esse modelo pode oferecer ganhos de eficiência e melhorias de desempenho que irá redefinir os padrões necessários de qualidade, entrega e desempenho para a funcionalidade da tecnologia da hospitalidade há décadas", disse Douglas Rice, vice-presidente executivo e CEO da HTNG (Hotel Tecnology Next Generation)

Em 2010, no evento HTNG, 71% dos executivos hoteleiros de TI confirmaram que estão dispostos a partilhar aplicativos menos críticos como Concierge, PDVs (Pontos de Venda), Governança, recursos de back Office e funções de RH, por exemplo.

Imagine acabar com computadores corporativos e toda sua custosa manutenção! Além disso, nenhum tipo de preocupação que seu gerente de vendas perdeu ou teve seu computador roubado.
A notícia mais recente da aplicação da Cloud Computing na hotelaria é da Rede CitizenM (algo como “Cidadão Móvel”), que se posiciona como uma rede de “luxo acessível”. Trata-se de uma plataforma de comunicação IP (Internet Protocol) baseada em software, oferecida em ambiente virtualizado pela NEC Unified Solutions (que hospedou a plataforma) para um hotel do grupo localizado em Glasgow, na Escócia.

O hotel dispõe, por exemplo, de gestão comercial com hospedagem completa e totalmente integrada. A empresa que proporcionou a solução ainda ficou responsável por toda a tarifação de chamadas, garantindo que todas as ligações sejam encaminhadas da maneira mais econômica.
Michael Levie, diretor operacional do CitizenM, explica que além da eficiência operacional das soluções, o projeto permitiu cortes consideráveis de custos na área de TI dos hotéis. “Precisamos de uma solução econômica, confiável e segura, e que apresente instalação rápida e fácil. Ao utilizar um modelo de comunicações em nuvem, alcançamos esse objetivo e evitamos todos os custos e contratempos de implantar nossa própria infraestrutura", completa Levie.
Sim, o pessoal (técnico, de “infra”) de TI está preocupado com sua futura empregabilidade...e com razão!
Ainda existem poucos sites e aplicativos à disposição, mas a “Cloud Computing” veio para ficar, e está caminhando “muito” rápido. Com certeza, mudará nossa experiência com computadores e internet.
O mundo já está online. Porque seu hotel ficaria de fora?
Adapte-se. É uma questão de (pouco) tempo!
Postar um comentário