segunda-feira, 2 de junho de 2008

Hotéis e o Meio Ambiente

MARRIOTT - acaba de fechar um acordo com o Estado do Amazonas para auxiliar na proteção da floresta;
A Marriott encontrou uma outra saída para contribuir com o meio ambiente, ao fechar um acordo como Estado do Amazonas, onde aportou US$ 2 milhões, com o intuito de ajudar na preservação da floresta. Ao todo, serão cuidados mais de 500 mil hectares de mata, além do financiamento de um plano de gerenciamento ambiental da Fundação de Sustentabilidade do Amazonas. A rede também tem a intenção de construir hotéis ecológicos na região.
A estratégia da empresa envolve os clientes, que poderão contribuir com o fundo destinado à floresta por meio de créditos de carbono. A rede também caminha para ações sustentáveis como as aplicadas em outros hotéis, como a redução do consumo de água e de energia e o envolvimento de hóspedes e colaboradores na causa.

ACCOR - vê sua bandeira Ibis avançar na obtenção do ISO 14.001 em vários países, ao atingir metas de comprometimento ambiental nos hotéis.
Na rede Ibis o objetivo é de que, até 2010, mais de 70% das unidades possuam a certificação ambiental. Atualmente, 218 pontos em 12 países, incluindo o Brasil, conseguiram alcançar essa meta. Para a obtenção do ISO 14.001, o hotel precisa desenvolver técnicas que contribuam com a redução do consumo de água e do gasto de energia, além de implantar programas de coleta seletiva e treinar os funcionários. Entre as atribuições da instituição, está a de envolver clientes e colaboradores em seus procedimentos, ajudando a expandir o conceito. A Rede Ibis é uma das líderes hoteleiras européias, a quinta maior rede do mundo, com 769 unidades em 38 países, incluindo 46 hotéis no Brasil. A previsão é de que até 2010 rede chegue a 1.200 unidades.

EMBRAER - apresentou seus projetos ambientais na edição deste ano da European Business Aviation Convention and Exhibition (Ebace),
realizada semana passada, em Genebra, Suíça. A empresa, a primeira fabricante de aeronaves do mundo a receber a certificação ISO 14.001, elaborou projetos de reciclagem de resíduos sólidos, redução do consumo de água e energia, utilização de caldeiras e aquecimento a gás natural ao invés de óleo combustível, e reflorestamento, entre outros. A empresa também desenvolveu e produz o pulverizador Ipanema, o primeiro avião no mundo a operar totalmente com biocombustível (álcool), premiado como uma das 50 invenções mais importantes de 2005.
Postar um comentário